As empresas são como as pessoas. Quando elas estão com algum tipo problema, elas emitem alertas no formato de sintomas. A saúde financeira de uma companhia pode ser analisada dessa forma.

Se as coisas não ocorrem como deveriam, é importante olhar mais atentamente e identificar os fatores que estão causando riscos ao seu negócio. A partir daí, você será capaz de tomar diversas decisões para solucionar os problemas.

É importante analisar constantemente para identificar os fatores que colocam em risco a saúde financeira da sua empresa. Inadimplência de cliente, desequilíbrio no fluxo de caixa, insatisfação de funcionários… Essas e outras situações podem colocar em risco seu negócio.

Fator 1 – Insatisfação de funcionários

Os funcionários são uma parte fundamental do funcionamento da empresa. Os gestores precisam manter um ambiente interno positivo e organizado.

Falta de inovação e incentivo, falha nos processos e colaboradores desmotivados comprometem o ambiente interno.

Qualquer sinal de insatisfação por partes dos colaboradores, é importante tratar com respeito e cuidado. Evite dores de cabeça com processos trabalhistas e demissões.

É importante investir na melhora na produtividade da equipe.

Fator 2 – Queda no faturamento

O faturamento de qualquer empresa precisa ter um equilíbrio. Muitos negócios têm sazonalidade e o resultados podem cair e depois aumentar.

É importante olhar de forma global e analisar a média padrão. Mas se o faturamento cair de forma brusca, procure encontrar os motivos internos e externos.

Os internos podem estar relacionados com a queda na qualidade dos produtos, ações de marketing mal feitas, entre outros. Os motivos externos podem estar ligado à uma crise econômica.

A verdade é que o faturamento continuar em queda indica que a saúde financeira da sua empresa não está boa.

Fator 3 – Inadimplência de clientes

Atraso ou falta de pagamento por parte dos clientes comprometem em demasia a saúde financeira da empresa.

Uma inadimplência alta traz diversas consequências negativas, tais como:

  • Compromete o faturamento;
  • Afeta a capacidade da empresa honrar com seus compromissos;
  • Prejuízos financeiros com cobranças judiciais;

Para reduzir esses riscos, é importante analisar o perfil dos seus clientes e oferecer diversas formas de pagamento para eles.

Fator 4 – Aumento de dívidas

Para investir em novas soluções é preciso se endividar. No entanto, é importante manter o nível de endividamento com financiamentos e empréstimos sobre controle.

Se boa parte dos recursos está comprometido com o pagamento de dívidas, a saúda financeira da empresa não está boa.

Fator 5 – Mercadorias paradas por longo tempo

Produtos parados por longo tempo no estoque representa que o capital está parado. Isso pode ser um erro de planejamento ao comprar produtos que tem pouca saída.

Mercadoria parada impede a aquisição de novos produtos e o pagamento de contas pendentes.

Fator 6 – Má gestão financeira

Toda e qualquer empresa possui despesas fixas mensais como energia, aluguel, água, internet, pagamento de funcionários, etc.

Quando a empresa não consegue pagar essas despesas é um sinal claro que a saúde financeira do seu negócio está em colapso. Para evitar, faça um fluxo de caixa eficiente.

Uma dica importante para manter a saúde financeira da empresa e adotar ferramentas adequadas de gestão, CRM, entre outras. Há diversos softwares que ajudam as empresas otimizarem suas atividades.

Acesse agora mesmo nossa página e conheça a melhor solução para gerenciar sua empresa!

Se preferir ligue e agende uma visita com um dos nossos consultores para esclarecer qualquer dúvida.

(11) 2989-5006 / 3508-3100

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram

Whatsapp
Agilize seu atendimento!
Fale com um de nossos consultores via Whatsapp